Coragem de vizinha pode ter evitado um feminicídio no Guará.

A coragem de uma moradora do Guará, pode ter salvado a vida de sua vizinha, junto com a ação  rápida da PMDF. 

Imagem retirada do google.
Na madrugada deste domingo (19),  por volta de 1h30, a polícia militar foi acionada para atender um possível feminicídio na QE 40 do Guará II. A equipe do 2º sargento Diogo Trindade e cabo P. Soares com apoio do 3º sargento Kato e cabo Araújo Moraes, foram até o local e receberam informações da vizinha que um homem estava dentro do aparamento em que reside, "matando a esposa dele".

Foi informado também que o agressor era perigoso e estava com uma tornozeleira eletrônica. Quando a equipe chegou no subsolo do prédio, onde um dos apartamentos estava com a porta aberta, os policiais e a denunciante flagraram o agressor enforcando a vítima com as duas mãos. De imediato a equipe conseguiu conte-lo.

Mesmo a equipe presenciando a agressão juntamente com a denunciante, a vítima negou sofrer violência por parte de seu companheiro

Seguindo o que recomenda a Lei Maria da Penha, e tendo uma testemunha voluntária do fato, ainda tendo uma longa a ficha criminal onde constava dois registros de Maria da Penha, além de outros crimes cometidos pelo mesmo. Ele foi conduzido a DP para registro da ocorrência.

Por Francisco Gelielçon

Postar comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem